1) Instale o Oracle VM, o meu foi instalado no Windows.

2) Crie uma máquina virtual e instale o Linux. Eu instalei o SUSE Linux Enterprise Server 11 (x86_64).

3) Terminada a instalação do SUSE é necessário baixar a máquina virtual e dar o seguinte comando, para ativar a instrução CMPXCHG16B.

Instalei o Virtual Box neste caminho e minha maquina virtual chama HANA_DB

C:\Program Files\Oracle\VirtualBoxManage setextradata HANA_DB vboxinternal/CPUM/CPMXCHG16B 1

4) VirtualBox com SUSE 11.2 em execução no i7 Intel informou o número de soquetes de CPU como 0. Faça atualização manualmente o script shell HanaHwCheck.py para forçar o número de soquetes para 1.

Minhas mídias estão em: HANADB1:/hana/data/midias_sap/51046016/DATA_UNITS/HDB_SERVER_LINUX_X86_64/server # vi HanaHwCheck.py

Comente a linha -> self.HWInfo[‘CPU Sockets’]=len(lines)-1
Acrescente a Linha -> self.HWInfo[‘CPU Sockets’]=1 (Você pode colocar o número de processadores que sua máquina possue.)

5) Antes de instalar set a variável de ambiente como segue: export IDSPISPOPD=1

6) No meu caso as mídias estão em:

cd /hana/data/midias_sap/51046016/DATA_UNITS/HDB_SERVER_LINUX_X86_64

7) ./hdbinst -b -s HD1 -n 01 -H HANADB1 –datapath=/hana/data –logpath=/hana/log –sapmnt=/hana/shared –password=senha01 –system_user_password=senha02 –ignore=check_min_mem

Neste caso estou criando uma instance 01 com SID HD1, na máquina HANADB1.
Defina as senhas que deseja para o seu ambiente.
Defina a localização dos arquivos.
Com o parâmetro ignore=check_min_mem você ignora o check do hardware.

8) Observação: Eu instalei a versão 1.00.53.375657 do Hana em uma máquina com 16 Gb. Esteja atento a versão do Hana que você está instalando, a versão 8 é mais exigente em termos de memória.
Não esqueça de ler o manual de instalação do SAP Hana e fazer os passos obrigatórios antes de iniciar a instalação.